Público-alvo x persona: entenda a diferença
26 de novembro de 2021

Em primeiro lugar, é preciso lembrar que o reconhecimento do público-alvo é etapa essencial do marketing e a expressão foi, durante muito tempo, uma das mais utilizadas no meio. Então, com o tempo e as evoluções da publicidade, outro termo surgiu e chamou a atenção: a persona.

Ao contrário do que muitos pensam, persona e público-alvo não são sinônimos. Confira no nosso artigo a diferença entre esses termos, afinal, eles fazem toda diferença na hora de traçar a estratégia de marketing do seu negócio!

O que é o público-alvo?

Conforme estudamos sobre marketing, é possível reconhecer que o público-alvo representa um grande número de pessoas que traz informações gerais sobre os seus potenciais cliente. Dessa forma, esse grupo define características como:

  • Idade
  • Gênero
  • Região (pode ser região do país, estado, cidade e bairro)
  • Escolaridade
  • Profissão
  • Renda mensal
  • Hábitos de consumo

Em suma, essas informações ajudam a conhecer o mercado e entender quem são os seus clientes em potencial. Além disso, o público-alvo é importante para determinar quais deverão ser as suas ações de marketing.

Para conhecer o seu público-alvo você pode buscar os dados do IBGE ou da associação comercial da sua região, bem como através de pesquisas de marketing realizadas no setor do seu negócio. Assim, você reúne dados e preferências fundamentais para sua estratégia.

Alguns exemplos de público-alvo:

  • Mulheres de 35 a 45 anos, que contam com formação superior, moradoras de Marília e frequentam o shopping aos finais de semana.
  • Homens de 25 a 35 anos, que estão cursando o ensino superior, são moradores do estado de São Paulo e frequentam barbearias com certa frequência.

O que é a persona?

Da mesma forma em que o público-alvo coleta informações, a persona também se encarrega dessa função. Porém, há uma grande diversidade no perfil dos consumidores. Cada um desses perfis possuem características únicas, que fazem toda a diferença no direcionamento da sua estratégia de marketing.

Pense em um dos públicos-alvo citados acima. Alguns dos homens que frequentam barbearias preferem as que são  tradicionais e antigas. Por outro lado, uma parcela desse público prefere frequentar as barbearias mais despojadas, com um ambiente descontraído. São gostos diferentes dentro de um mesmo público-alvo, certo? É dessa forma que definimos a persona.

A persona, nada mais é, do seu cliente ideal. Logo, para alcançar essa persona ideal, é preciso definir detalhadamente o seu consumidor, focando em características subjetivas como desejos e dificuldades.

A persona é a humanização e a personalização dos seus clientes. Além disso, o seu negócio pode ter inúmeras personas.

Exemplos de persona:

  • Mariana, de 37 anos, que é administradora de empresa, almoça todos os finais de semana no shopping com seu marido e seus dois filhos. Ainda adora curtir as horas livres ao lado da família.
  • Jorge, de 29 anos, que é bancário e pós-graduando em economia. Além disso, gosta de fazer a barba toda semana e sempre marca um happy hour com os colegas de trabalho.

Portanto, a persona cumpre a função de aperfeiçoar o público-alvo. Dessa forma, você pode tornar sua estratégia ainda mais direcionada e atrativa.

Gostou desse conteúdo? Quer saber mais sobre persona e público-alvo? Conheça nossos serviços em nosso site. Deixe nos comentários ou envie e-mail para contato@mustache.com.br.

Por hoje é isso, até a próxima!

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!